Consumir alimentos ultraprocessados pode nos levar a comer mais e ganhar peso

Clique aqui para ouvir esse artigo

Um estudo, publicado em 2019, comparou os efeitos de dietas baseadas em alimentos ultraprocessados versus alimentos não processados, sobre a ingestão de energia (calorias) e a composição corporal de 20 adultos saudáveis.


Os participantes permaneceram em uma clínica por 4 semanas e receberam, aleatoriamente, cada uma das dietas por 2 semanas.


As refeições eram ofertadas 3 vezes por dia e eram equivalentes em calorias macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras), sódio, açúcar e fibras. Os participantes foram orientados a comer o quanto quisessem em cada uma delas. Principais resultados:


  • Calorias: 500 kcal/dia a mais na dieta ultraprocessada.
  • Peso: 0,9 kg a mais durante a dieta ultraprocessada e 0,9 kg a menos na dieta não processada.
  • Macros: o consumo de calorias excedente veio de gorduras e carboidratos, o de proteína foi similar.
  • Sódio: ingestão 26% maior na dieta ultraprocessada.
  • Proporção de ácidos graxos ômega-6 e ômega 3: 11:1 na dieta ultraprocessada x 5:1 na dieta não processada (o ideal é em torno de 3:1, devido ao potencial inflamatório do ômega-6).


Entre as razões que levaram a um consumo maior de energia na dieta ultraprocessada, os autores ressaltam que as pessoas ingeriram maior quantidade de comida e mais calorias em menos tempo do que na dieta não processada. Outra explicação é a hipótese de alavancagem de proteína, segundo a qual se uma pessoa não come proteína suficiente, um apetite inconsciente fará com que continue comendo até suprir as necessidades de proteína do corpo, o que explicaria a similaridade no consumo desse macronutriente nas dietas. 


Os autores concluem que limitar o consumo de alimentos ultraprocessados pode ser uma estratégia eficaz para a prevenção e tratamento da obesidade.


Moral da história... Quer emagrecer? Foque sempre na qualidade sua alimentação: coma comida de verdade!


Fonte: HALL, Kevin D. et al. Ultra-processed diets cause excess calorie intake and weight gain: an inpatient randomized controlled trial of ad libitum food intake. Cell metabolism, v. 30, n. 1, p. 67-77. e3, 2019.

Você também poderá gostar